Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

Na casa da minha filha 1

Por: AFP - Categoria: Incesto

Minha filha hoje casada se mudou para uma cidade maior junto ao seu marido devido melhores oportunidades de trabalho, sempre admirei muito sua beleza mas sempre respeitei apesar de admitir que já me masturbei e fantasiei com ela no passado, chegou rolar situações no passado que admito ter me aproveitado de algumas situações e oportunidades no passado digamos tirando uma casquinha mas voltando ao relato rescentemente fui passar alguns dias na cidade que ela mora e fiquei na casa dela, como sempre ela linda e em casa vestida com roupas mais batida que por vezes curtinhas e provocante assim também ocasionando alguns olhares de admiração da minha parte que mesmo buscando ser discreto por vezes fui flagrado... Certo dia a noite, pós janta e eu já tomado banho e de shorts de pijama (que não uso cueca) e após ela tomar banho que ao voltar junto a nós na sala me deixando surpreso em vê-la com um pijaminha minúsculo e coladinho no seu corpo além de que ao passar em direção a cozinha me surpreendendo mais ainda ao reparar aquele shortinho de pijama socadinho na bunda dela que não consegui desfarçar os olhares e ela notando e brincando questionando que pelos meus olhares gostei do pijama dela, assustado apenas disse que era muito bonito sim e dei risada e ela foi na cozinha e depois voltou e sentou ao lado do meu genro por vezes ficando em posições que atraía meus olhares me surpreendendo o quão linda está... Posteriormente meu genro foi deitar e ela disse que iria beber água e depois também iria deitar assim disse que também iria beber água pra deitar, ela foi na frente me fazendo admirar novamente aquele pijaminha socadinho dela, após me servir água que rapidamente tomei e na sequência foi se servir aproveitei oportunidade e abracei ela por trás na desculpa de desejo de boa noite, que ao abraca-la instantaneamente notei que ela ficou com corpo ereto e colando seu corpo ao meu e segurando meus braços induzindo abraca-la mais forte enquanto retribuía desejo de boa noite assim ficando com nossos corpos perfeitamente colados até que sinto ela dando uma esfregadinha em meio a uma reboladinha contra meu pau e me surpreende dizendo em meio a uma risadinha: eita pai! Nisto se afasta e questiono o que foi? Ela diz nada não pai só me assustei com uma coisa! Aí dei risada e questionei o que aconteceu que ela assustou? Ela deu risada e pediu pra mim não ficar bravo mas que ela assustou pois deu pra sentir meu pau na bunda dela e soltou uma gargalhada e eu sem jeito também e pedi desculpas e ela dando risada disse tudo bem pai sei que foi sem querer! Aí dei risada e novamente pedi desculpas e ela me abraçou e me deu beijo no rosto com um sorrisinho e novamente dizendo tá tudo bem pai só fiquei surpresa pelo que senti mas fica tranquilo que pode me abraçar sempre que quiser! Nisto novamente me abraçando e colando nossos corpos frente a frente me deixando involuntariamente com pau meia bomba que ainda sem perceber perguntei se realmente não havia ficado chateada mesmo? Ela ainda abraçadinha comigo dizendo que realmente não ficou e tirar isto da minha cabeça aliás pai... Nisto ela se vira de costas segurando meus braços induzindo a abraca-la novamente enquanto dizia, para o senhor ver que não tem problemas mesmo pode me abraçar novamente, assim que abraçamos e ficamos com corpos coladinhos que notei que estava meia bomba principalmente enquanto ela se ajeitando e suavemente esfregando sua bunda contra mim que ao notar minha situação ela surpresa se vira rapidamente de frente a mim e olhando para meu volume diz, eita pai tá duro!? Aí sem jeito disse não enquanto tentando desfarçar volume durante seus olhares e ela diz, nossa que loucura! E solta gargalhada e novamente peço desculpas e ela passando a mão no rosto brinca dizendo, nossa pai que loucura não tô acreditando e solta gargalhada novamente me fazendo pedir desculpas novamente e ela ainda gargalhando brinca dizendo que é melhor ir dormir e dando risada me dá um leve abraço e um beijinho no rosto novamente dizendo boa noite e na sequência me olhando nos olhos diz, que doidera! E na sequência olhando tentando flagrar meu volume (meia bomba) discretamente e dando risada e enquanto foi se retirar deu uma olhadinha pra trás flagrando meus olhares na direção da bunda dela e novamente deu risada e disse, fica tranquilo pai foi estranho mais gostei pois de certa maneira mesmo estranha fez se sentir bem com seu ego próprio! Deu risada e foi para o quarto dela... Depois fui para o meu todo receioso mas também excitado... Pouco depois que deitei enquanto pensando em toda loucura que rolou acabo escutando e percebendo que estavam transando que estranhamente me deixou muito excitado escutando seus gemidinhos me fazendo imaginar como seria assim comecei me masturbar com muito tesão pela minha filha escutando seus gemidos deliciosos que pouco resisti e acabei correndo para o banheiro e gozei loucamente com a situação estranhamente excitante que rolou... Após gozar me sentindo aliviado acabei enrolando um pouco pra sair e quando fui sair escutei que a porta do quarto deles abriu e alguém saiu aí fiquei receioso até que bateram na porta e disse que já tava saindo e escuto voz da minha filha dizendo tudo bem pai e aparentemente indo pra cozinha, nisto sai e fui na cozinha também pra beber água assim nos encontrando e ela com sorrisinho sapeca no rosto perguntou se estava tudo bem? Digo que sim porque? Aí ela pergunta se não tava conseguindo dormir? Aí disse que tava sem sono apenas! Aí ela deu uma risada gostosa e me abraçou perguntando, mas o senhor não escutou nada estranho não né pai? Eu ciente do que estava dizendo mas por receio digo que não escutei nada mas o que seria? Ela da uma suspirada e da risada soltando ufffa nada não pai e na sequência se afastando um pouco e olhando em direção ao meu pau depois aos meus olhos e brinca perguntando, pelo jeito conseguiu relaxar pelo menos né!? Aí dei risada e envergonhado apenas concordei com a cabeça e ela novamente gargalhando diz, eita pai sério mesmo? Aí dei risada novamente concordando com a cabeça e puxando ela de frente e dando outro abraço nela e ela dando risada dizendo, que doidera não tô acreditando pai! Aí tentando quebrar o gelo dei risada e disse que não teve como e tive que dar um jeito! Aí dei gargalhada e ela também e me olhando nos olhos enquanto passando mão no rosto novamente diz que não tá acreditando nesta doidera! Aí dei risada e brinquei, é sério filha olha só!? Nisto viro ela de costas e abraço ela por trás colocando nossos corpos enquanto segurando na sua cinturinha forçando seu corpo ao meu e brinco dizendo, aí tá vendo tudo normal! Ela dando risada consentindo enquanto suavemente meio que suavemente esfregando sua bunda contra mim ainda passando suas mãos no rosto induzindo estar surpresa e fala, pai acho melhor nos irmos dormir pois estamos muito abusadinhos hoje né!? Mas continuando com nossos corpos coladinhos aí dei um abraço mais forte dizendo baixinho desculpa filha vamos mesmo mas jura que não ficou brava comigo? Nisto ela diz pra parar de ser bobo pois não tem motivos pra ficar brava comigo! Aí novamente forçando ficar mais coladinhos dando um abraço mais forte e admito forçando meu pau contra ela e dei um beijinho no seu rosto e disse então boa noite filha se não daqui a pouco vou ter que tentar relaxar de novo se é que me entende!? Nisto soltando ela e ela dando risada dizendo apenas, mas é bobo relaxa mesmo pai ou não gostou de relaxar!? Aí dei risada e saindo digo que realmente era melhor irmos dormir assim fui para o quarto e ela no banheiro que depois me fez ficar imaginando que provavelmente ela foi se limpar pois havia acabado de transar e com certeza deveria estar toda gozadinha e novamente fiquei excitado pensando que acabei tendo que bater uma novamente pra ela imaginando...

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2021 - club-columb.ru - Todos os direitos reservados


conto erotico traicaocontos eróticos grupalcontoserticoscasa dos contos.comcontos picantes incestocontos eróticos mãe e filhomae casa dos contoscontos eroticos lesbicacasados contos eróticosconto erótico casacontos eroticos transcontos lesbcasa do conto eroticoultimos contos eroticoscontos eroticos cornoconto erotico incestosite contos gayultimos contos de sexocasa dos contos estuprocasa dos xontos eroticoscasa dos contos eroticos lesbicoscontos travestiscontos xxxcasa dos.contos eróticoscontos eroticos entre mae e filhacont erotcontos comi minha filhacontos cdzinhacontos zofiliacasacontoscasa.dos.contos eroticoszoofilia contos eroticoscontos eroticos zoocasadoscotoscontos gays sitecasa de contos eroticoscontos eroticos de travestiscontos eroticos lesbicoscasa dos contos eróticos incestorelatos eroticos por codigocasa dos contos eroricoscasadoscontos.comcontos eroticos padrinhocontos eroticos zoofiliaconto erótico casaconto eroticos incestocontos eroticos sadomasoquistaultimos contos eroticos de incestoultimos contos de sexo com fotostravesti contoscasa dos contos eroticos incestocasa dos contos eróticoscontos eroticos melhorescontos eroticos lésbicascunhada safada contoscasa dos contos lesbicascsa dos contoscontos fetichesmelhor conto eroticocasas dos contos eroticosincestos contoscas dos contoscontos eróticos com travesticorno cuckoldúltimos contos gaycontos eróticos insetoscasa dos contos cornocasadoscomtoscasados contos eróticoscasas dos contos eroticosultimos contos eróticoscornos contoscomi o cu do meu paicontos reais de incestowww contoseroticocasa dis contos eroticoscontos incestos mae e filhocontos eroticos sadomasoquismocasa doscontoscomendo a tia contos eroticoscasa dos contos erotico