Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

Assalto no condominio.

Por: casauser28596 - Categoria: Fantasias

Éra um dos prédios mais seguros da zona sul,minha esposa,e minha filhinha de 2 anos viviamos muito bem,eu um executivo de uma mult nacional,minha esposa chamada Marisa 25 anos,ex modelo,e dançarina ficou um ano dançando no Faustão,mesmo depois da gravides tinha um corpo perfeito,acho que até melhor pois éla engordou um pouquinho,ficando com mais bumbum e pernas,morena clara um cabelo liso castanho claro,com seus 1:72 de altura 65cm de cintura e um bélo trazeiro de 90cm 54 kilinhos bem distribuidos éla é minha paixão,faz limpesa de péle todo o mes,tem uma péle super macia com aquéla cor semi bronzeada,se depila deixando só um pouquinho de pelos na bucetinha do jeito que eu gosto,não penso em outra mulher. Tudo aconteceu numa segunda feira chuvosa,estava eu voltando,por volta das 20:00 já com o transito melhor,quando diminuo para dobrar a direita sinto uma batida leve na lateral do meu carro,paro e logo um santana antigo para ao meu lado,sai do meu carro e dois caras me pedem desculpas e falam que vão pagar e coisa e tal,quando sinto algo nas minhas costas,um terceiro me diz que esta armado para que eu fique tranquilo,aparecem mais dois em uma moto,um péga o santana e vai embora juntamente com a moto,os tres bandidos me falam que vão assaltar o condominio,que eu colaborando ninguem sairia machucado,todos nos entramos no carro,e por ser grande,um omega quase novo um deles me diz que na entrada do prédio um ficaria abaixado coberto por uma capa preta atras de mim apontando a arma,e os outros dois entrariam no porta mala,e assim foi feito,como chovia os seguranças do condominio nem notaram o cara escondido atras de mim,e assim entramos na garagem,eu sabia que tinha cameras filmando o elevador,e éssa foi minha esperança,quando o cara atras de mim se levanta e liga no celular dizendo que estava na garagem,ficamos um minuto parado e escuto uma confusão na portaria,pois minha vaga éra perto,então ele manda eu abrir o porta mala,que é automatico,os dois saem,e vamos para o elevador,no caminho vejo um motoqueiro sendo socorrido pelos seguranças,parece que ele havia batido na portaria do prédio,com o revolver na cabeça recebo a ordem de ir para o meu apartamento,o elevador chega no andar e eu começo a tremer,um deles me pede as chaves,reluto um pouco mas entrego e abrem a porta da sala,minha esposa grita do quarto: É você meu amor.Eu nada respondo,e todos entram em casa,de repente aparece minha esposa e já é rendida imediatamente,e falam para éla colaborar,éla concorda me colocam em uma cadeira de cozinha e me amarram com aquelas fitas adesivas enormes tampando minha boca também,néssa altura dois deles juntamente com minha esposa tinham revistado toda a casa,e voltaram éla com minha filha no colo,fiquei apavorado,mas eles disseram para minha esposa dar um jeito de fazer éla dormir,e assim éla ficou no quarto com minha filhinha uns 40 minutos.foi obrigada a dar um calmante cortado no meio,que éra meu,com isso nossa filhinha entrou num sono pesado,neste tempo eles conversavam que teriam que esperar até meia noite para começar a agir,minha esposa apareceu,e um deles folou para éla preparar uns lanches pra galéra,ela prontamente foi até a cozinha acompanhada por um deles,o que vou narrar agora parte eu assisti o resto minha esposa me contou,pois fiquei amarrado na sala até o outro dia. Na cozinha já começou a sacanagem,minha esposa estava com um shorte branco curto e uma camiseta comum e por azar sem soutiem,éla abaixou na geladeira para pegar frios e o bandido encheu a mão na bunda déla,éla foi reclamar mas ele mostrou a arma,agarrou éla e chupou seu pescoço,e apertou sua bunda,dizendo que rabo gostoso você tem,éla fez os lanches recebendo varias passadas de mão no rego,encochadas,e palmadas na bunda,levou tudo para sala,enquanto preparava os lanches na mesa os bandidos falavam baixinho entre si,sentaram na mesa e mandaram éla ficar ao lado para servi-los,um deles a chamou,e falou sua mulher é bonita e gostosa doutor não se importa da gente se servir um pouco né,puxou para seu cólo e éla dava o lanche na boca dele,e ele alisando suas pernas e peitos,todos os tres queriam também,éla sentou no colo de cada um e fazia tudo o que eles pediam,café na boquinha,biscoito,depois beijavam éla,apertavam os peitos,palmadas na bunda,até que um deles falou no ouvido déla,éla fez sinal de não com a cabeça,o bandido falou outra coisa,ai éla olhou para mim com cara de choro,e se debruçou na mesa,o bandido calmamente abril o ziper e baixou aquele shortinho déla deixando só de calcinha,éla continuou debruçada,e ele alisava suas pernas,mordia sua bunda,ele se levantou sentou no sofá e chamou minha mulher,sentou éla no seu cólo e começou a aproveitar em tudo naquele corpo gostoso,enfiou a mão por dentro da calcinha e falou para os outros:Éssa buceta ta toda depilada,uma delicía,logo ele tirou sua camiseta ai éla só de calcinha foi obrigada a se ajoelhar e quando ele tirou a calça minha mulher começou a chorar,e saiu correndo os outros foram atrás pegaram éla no corredor,éla levou varias bofetadas,conversaram com éla,logo voltou com os olhos vermelhos,foi até a lavanderia e voltou com algumas toalhas,um deles a abraçou e foram para o banheiro,os outros dois falaram para mim que agora éla teria que dar banho nos tres,antes da festinha que fariam,já que éla achou o pau dele sujo,fiquei furioso mas não tinha como fazer nada,ouvi varios barulhos no chuveiro,risadas,palmadas fortes,em 5minutos aparece um deles só de toalha e dizendo,sua patroa é boa mesmo,sabe lavar um pinto direitinho,os outros dois foram de uma vez,ficaram uns 15 minutos,muitas risadas,ouvi varias vezes "vamos menina",quando voltaram para sala,os outros dois também de toalha minha esposa ainda de calcinha,mas toda molhada,e se segurando para não chorar,um deles falou:Ta na hora de telefonar para résto da turma,e foi telefonar enquanto o outro falava:Sua patroa deu um banho gostoso na gente,você ta de parabéns,agora nois somos seus sócios,sua patroa vai fazer tudo que a gente pedir,é só não tocar em voçê e na criança,é o que éla pediu,beleza patrão,eu adoro um cuzinho,e já falei pra éla que aquele cú é meu,mas antes éla vai vestir uma roupa pra dançar pra nóis eu vi as fotos no quarto,os trofeus´vamos ver se éla dança bem éla chama Marisa né. Enquanto um deles telefonava,os outros dois pegaram minha esposa e foram para o quarto,o que telefonava falou que depois da meia noite chegariam 20 caras para fazer um arrastão no prédio,e enquanto isso eles se divetiriam com minha mulher,voltaram do quarto,minha esposa vestida com uma cinta liga branca,com uma calcinha bem pequena,o espartilho que dei de presente na nossa lua de mel,fiquei desolado,minha esposa cuidava tanto do corpo para me agradar e agora éra escrava daqueles maniacos,colocaram uma musica de samba,minha mulher sambou,eles adoraram,passavam a mão toda hora na bunda déla,colocaram varias musicas dançavam com éla,beijavam,agarravam as vezes dançavam os tres de uma vez,e éla no meio rebolando eles falavam:Vai dona Marisa rebóla sua puta.Minha esposa dançava muito bem,mesmo chorando éla continuava eles alisando passando a mão a vontade e éla com aquele corpo perfeito levou varios beliscões na bunda,faziam o que queriam até que pararam e mandaram éla fazer um strip bem gostoso,que depois éla iria entrar na rola,e todos deram risadas,começou o strip,éla tirou as meias,dançou mais um pouco tirou o espartilho,dançou e chorando abaixou a calcinha,para a alegria deles,ficou dançando pelada com aquéla bucetinha raspadinha super bem cuidada para mim,e agora éra daqueles bandidos,um deles chamou:Vem cá minha puta,senta aqui néssa rola vai ser toda sua,éla foi sentou no colo dele de pernas aberta,ele foi encaixando o pau na buceta,entrou um pouco e éla tentou levantar pois o pau do cara éra grande,mas ele segurou firme falando:Vamos putinha essa bucetona aguenta muito mais que isso. Os outros dois foram perto e empurraram Marisa pra baixo,éla gritou-Aiiiiiiiiiii,nem ligaram um começou a chupar e morder seus seios,o outro pegou a mão déla e mandou punhetar seu pau,coitada da minha mulher dando para tres ao mesmo tempo,sempre faziamos amor com carinho,sexo oral éla fazia muito bem,mas anal só tentamos uma vez e éla não aguentou,o duro é que dois daqueles bandidos tinham as rolas enormes bem mair que a minha um deles eu custei a acreditar no tamanho,eu não podia fazer nada só assistir amarrado,os bandidos decidiram mudar de posição,pois um queria gozar na boca déla,e o outro queria o cuzinho,o cara que éla estava metendo deitou no sofá,com éla,o segundo já foi colocando a rola na boca déla,e o terceiro que tinha um pau enorme foi encaixando no cuzinho virgem da minha mulher,éla tentava gritar mas com uma rola na boca só saiam sons estranhos:Hurrrrrrr,nããrrrrr,hurrrrrrr,nãrrrrrrrr.Éra triste de ver,a rola do cara não entrava no cú déla de jeito nenhum,logo o que estava por baixo gozou na buceta e saiu,então o que tentava o cúzinho,colocou éla de quatro e começou a enfiar na buceta,que foi entrando com dificuldade,tamanho éra a rola do cara,éla gemia com o pau na boca,o cara ficou nervoso e deu varios tapas néla tirando a rola de sua boca,e falou:Se você não chupar direito eu desconto em um dos seus,Marisa mesmo sem folego,pois não estava aguentando aquéla rola animalesca na buceta,disse que faria uma chupeta gostosa mas tinha que ser um de cada vez,o que já havia gozado falou que queria mais sexo,o segundo foi até a cozinha e voltou com uma lata de azeite na mão dizendo:Quéro ver esse cuzinho não abrir agora,então o que comia a buceta pediu o azeite,tirou o pau da buceta,fez até barulho de desentupidor de pia:CHÚULOP. Tamanho éra aquela rola,minha mulher caiu no sofá respirando profundamente e ele falou:Levanta esse rabo menina,que vou lubrificar.Éla chorando falou:Moço eu não estou acostumada a fazer sexo anal,eu te faço uma chupeta que voçê vai adorar.É o seguinte cala a boca você vai me dar esse rabo,e também vai fazer éssa chupeta para todos nós senão..... Marisa engoliu seco e devagar abril as pernas e empinou a bunda expondo seu anus para aquele maniaco ele encheu a mão de azeite e passou em todo o rego de minha mulher,ia da buceta até o anus e voltava,pegou mais azeite,agora enfiava os dedos na buceta,Marisa de quatro imóvel então ele enfiou um dedo no anus éla mordia os labios de dor,e ele disse:Empina mais esse cú vagabunda.Éla obedeceu,e meteu dois dedos de uma vez no cú Marisa deu um urro de dor:Óorrrrrrrrrrrrr.Ele disse:Isso é só o começo patroa,e voçê já ta gritando,os outros dois também quizeram enfiar a mão naquele rego gostoso,ouve até um principio de briga os tres queriam enfiar os dedos néla,que permanecia imóvel chorando baixinho,5 minutos depois éla estava toda lubrificada de azeite,o que tinha o pau gigantesco falou:Agora eu vou pra dentro.Ele deitou no sofá e mandou Marisa fazer uma chupeta bem gostosa,éla ajoelhou e virou a bunda para o meu lado e começou a engolir aquele pau ainda meio mole pude ver sua buceta arreganhada parecia que sangrava um pouco,aquela rola já tinha feito um estrago na minha mulher,o pau do bandido começou a ficar duro,Marisa não conseguia nem engolir mais de tão grosso e grande que éra e ele disse:Chega minha puta to quase gozando néssa boquinha,levanta que vou alargar esse cuzinho pro meu sócio né maridão.E mandou éla sentar no seu cólo com uma pérna de cada lado virada para ele de joelho,Marisa tava tremendo,éla não aguentaria aquela rola no cú,mas mesmo assim sentou,ele levantou Marisa pela cintura e colocou a cabeça do pau naquele cuzinho virgem,que nunca mais seria o mesmo,ele forçou,puxou mais um pouco,nada de entrar,forçou,forçou,puxou,forçou Marisa mau respirava de medo até que uma hora escorregou e entrou na buceta,Marisa gritou:Ahhhhhhhhhhhhhh.Ele começou a comer a buceta mesmo,o pau dele entrava e saia,mas éra tão grande que não entrava tudo,Marisa subindo e descendo,nem sei como éla tava aguentando tamanha rola,que com o vai e vem,e o azeite foi arrumbando cada vez mais aquela linda bucetinha,logo já entrava tudo,até o talo,um deles chegou perto e disse:O João grandão ali já até matou um cara na cadeia por causa daquela rola,foi comer um novato,o cara morreu de ataque cardiáco enquanto ele comia,os médicos falaram que foi a dor,o coração do cara não aguentou,também os médicos mediram o pau dele duro para constar nos laudos deu 22,5cm de comprimento e do jeito que é grosso que sua mulher não conseguia fechar a mão em volta dele,ele é um animal,e louco por cú.Fiquei desesperado,ele ia rasgar Marisa,éla não aguentaria,os dois continuavam no sofá,entrava tudinho e saia,coitada da minha mulher ficou ali sendo arrombada ele levantava éla mais ou menos um palmo do colo dele e descia rasgando tudo,apertava a bunda déla puxava éla para perto dele dava para ver a rola entrar até o saco,Marisa gemia e ficou nesse ritmo 15 minutos,ai ele gozou,gozou tanto que mesmo com o pau dentro da buceta,escorria porra,quando ele levantou Marisa,desceu porra que nunca vi na vida,a buceta tava aberta e enorme,sangrava um pouco,toda arregassada,o outro já foi pegando Marisa deitou no chão mesmo e disse:Agora aquéla chupeta gostosa que voçê prometeu sua puta.Marisa abril a boca e engoliu aquela rola,bem menor do que a do grandão,Marisa chupou com muita dedicação,chupou as bolas do saco,lambia a cabeça,fez tudo que aquele maldito mandou,até que em 10 minutos ele segurou a cabeça déla e gozou,gozou tudo dentro da boca,eu senti raiva pois poucas vezes fazia isso Marisa chupava bem mas não gostava do esperma na boca,bem néssa altura 22:40 hs Marisa estava acabada,e eles ainda queriam muito mais o grandão me falou:Que bucetinha apertada tem sua mulher hem sócio mas não saio daqui sem comer aquele cú,Marisa tava mesmo ferrada,pois o terceiro bandido já estava metendo,éla de quatro ele dando varias tapas e beliscões na bunda da Marisa e reclamando:Éssa buceta ficou muito larga e funda,vou comer esse cú agora.Marisa implorou mas não adiantou,e esse bandido também tinha o pau enorme,e o grandão ainda foi ajudar a segurar minha esposa e disse:come esse cuzinho agora porque depois que eu comer vai ficar todo largo.ESTE CONTO CONTINUA(ASSALTO NO CONDOMINIO II.)

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto
foto avatar usuario casauser28596
Por: casauser28596
Codigo do conto: 5191
Votos: 1
Categoria: Fantasias
Publicado em: 12/08/2014

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login



Mais contos desse usuario

Fui obrigada a fazer filmes pornograficos.

Assalto no condominio ll

Estrupada na lua de mel.


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2021 - club-columb.ru - Todos os direitos reservados


conto erotico namorada com outrocasa dos contoContos gays dei para o daddie de jumento no quintal meu cu casado.contos eróticos heterossexuaisrelato eróticos de traição massagem pra casaiscontos de incesto 2016fui comida no assalto.contos eroticoeu comia meus avós conto eroticonovos contos de incestoEntrei no banheiro na hora que a priminha tava no banho e fotografei.conto erotico a japonesa e o mecanicocontos zoofiliacontos eroticos de incesto com fotoscomi a ex namorada contoscontos bundudas rabudas cuzinho mãeContos eroticos de traicao em portugalcontos eróticos de zoofiliaContos eroticos filha rabudacasa de contos eroticosContos dando para o molequecinquentao dono da fazenda contos eroticos ME MIJEI DE DOR NO NÓ DO MEU CACHORRO - Casa dos Contos videocontos eróticos lesbicosconto erotico corno esposa contou tudocontos eroticos swingcontos eroticos de travestiscontos me apaixonei pela rola do meu primoperdeu a virgindade do cuzinho na festa da familia conto eroticos reaisrelato eróticos de traição atendente de sexy shopwww casa dos contos com brConto erotico-negao comeu minha mae e me fez viado, mete no cucontos eróticos a coroa dona do comércioconto erotico Minha primeira vez com um cachorroContfamilia sacanacontis lesbicos com o travesseiroscontos gay fotoscasadoscontisarrombou o cu da tia contos casadoscpntoscas dos contoscontos erotico sobrinho praiacontos eróticos minha namorada e seus tioslesbicas casa dos contos eroticoscontos eroticos viajando eu meu netocontos minha esposa com casal na praiamarido carnaval contoalusindo na puhentacorno na viagem contoassinei confrato porno contos eroticoscasadoscontiscontos abracei prima biquini sungalevei o cara pra minha casa shupei e dey u cu contos crossdressQuando ele me beija e dedilha minha xoxota piscao negao tinha pau enorme grande contoscontos eróticos meu amante comeu minha filha/conto/12584/2-Mulher-Madura-seduzida-e-dando-para-o-Primo-Novinho.htmlcontos eroticos de insestoúltimoscontoseróticoscontos eróticos heterossexuaisConto.erotico.vovozinha.fodendocontos eroticos eu em viagen com a japonesinhaconto erotico gay gozando com língua no cucontos incestoconto erotico adolesentes fudida contta vontadeaguentando o pau bem grosso na buceta dotado socando rola contos eroticoscontos eroticos 2015engravidando a irmã contoconto erotico completamente dominadacontos eróticos meus tios dividindo minha namoradaconto divorciada mostra a rata ao filhoContos eroticos meu filho me flagrou engatada com meu dog e me fodeu gostosocontos meu primo gosta de lamber meus mamiloszoofilia contos eroticosprimeira vez corno no sitio conto contos eroticos de lesbicascontos reais de incestosConto filho cheirando minha calcinha zoofiliaboyDei meu cu para os meus filhos contosmeu gero arebentou abera da minha buseta meu conto eroticoCasa dos cõntos eroticoscontos eroticos de professorascontos eroticos categoriacontos ert