Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

Assalto no condominio ll

Por: casauser28596 - Categoria: Fantasias

Infelismente Marisa estava numa situação terrivel,não queria fazer as vontades daqueles marginais,mas também arriscar as vidas minha e de nossa filha,Marisa tentava dialogar com os dois monstros que queriam sexo e mais sexo,terceiro bandido ligou para os outros que viriam mais tarde mandando um deles passar numa farmácia e comprar lubrificante anal,pois tinham uma dona muito boa,com o cuzinho virgem pronta para satisfazer a galéra,ao desligar o telefone ele falou para os outros que teriam que descer para dominar os seguranças,pois lógo chegariam o resto do bando,então soltaram minha esposa,mandaram éla sentar no sofá,eles arquitetavam o plano,nisso Marisa pegou a calcinha,o shorte que estavam no chão,a camiseta que estava próxima do sofá,e discretamente se vestil,bom o plano éra dois descer e o outro obrigar Marisa a telefonar chamando um dos porteiros inventando alguma coisa para ficar só dois seguranças na portaria,e assim foi feito os dois bandidos se vestiram,Marisa ligou disse que tinha barulhos na escada,enquanto o segurança verificava,os dois embaixo eram dominados,quando este voltou foi obrigado a atender as ligações e abrir para os moradores que ainda chegavam,enquanto os outros dois seguranças estavam presos num banheiro na garagem e assim aguardavam a chegada do bando todo,após tudo feito o bandido que ficou conosco olhou para Marisa e disse:Você já se vestil?Ele foi até o sofá falou baixinho com éla,em seguida deu um tapa na cara de Marisa e disse:Adóro essa boquinha molhadinha e macia.Marisa lentamente tirou a toalha do bandido e novamente caiu de boca naquéla rola toda mole,éla engolia tudo e acáriciava o saco com os dedos,logo aquele pau,que éra o menor de todos ficou duro e o bandido disse:Você vai ser minha putinha agora pois quando chegar os outros a fila vai ser grande pra te comer dona,éla parou de chupar para falar algo,mas ele apontou a arma e disse:Chupa gostoso cadéla que quero gozar na boquinha,Marisa respirou fundo e engoliu todo o pau do bandido deixando ele maluco de tesão,Marisa chupava vigorosamente,ia e voltava,da cabeça até o saco,colocava o pau inteiro na boca,até que aquele maldito falou com vóz tremula:Cada gota de porra que cair no chão dou uma coronhada no seu marido,Marisa arregalou os olhos e se afogou naquela rola de tal forma que até me espantei,agora éla o segurava pela cintura e fazia um vai e vem delicioso fazendo barulhos como se estivesse chupando um grande picolé,tenho que confessar que fiquei com tesão apesar da situação critica Marisa nunca havia chupado daquele jeito,fiquei surpreso,éla continuava então passou uns tres minutos e ele gozou urrando de prazer,Marisa engoliu tudo até a ultima gota,e depois ainda ficou lambendo o pau dele até amolecer,e ele á elogiou:Que boca você tem dona Marisa você é muito gostosa,vou falar para todo o bando déssa boquinha magíca que levanta até difunto.Marisa abaixou a cabeça limpou a porra em seu queixo,e sentou em silêncio,aquele marginal ficou assistindo tv enquanto os outros não chegavam,em 20 minutos ligaram da portaria,o bando já estava no prédio e o chefão vinha no meu apartamento coordenar a ação,Marisa sentada no sofá com as pernas cruzados e cabeça baixa,um pouco descabelada,mas qualquer homem não deixaria de notar aquelas cochas,aquéla boca sensual de uma mulher linda e jovem,foi isso que aconteceu,o chefão chegou entrou no apartamento com o grandão,aquele do pau grosso e grande,o chefão disse:Éssa é a dona gostosa - Sim chefe,é bem apertadinha,diferente daquelas putas que comemos,e ainda dança maravilhosamente bem. - Vamos levar éla para pra dançar e animar a galéra. - Boa idéia chefe éla dança e transa ai nem precisa gastar com puta.Marisa se levantou e pediu:Eu ja fiz tudo que pediram,me deixem,sou casada,por favor. - Desculpe dona Marisa mas se não for você vamos levar a criança,pois precisamos de uma garantia para sair daqui numa boa. - Não,não pode deixar eu vou com vocês,faço tudo que mandarem mas deixem minha filhinha em paz. - Ta fechado dona,vai fazer tudo né,legal é pra fazer tudo mesmo,tudinho que eu pedir combinado?.Marisa fez sinal que sim e baixou a cabeça sentou novamente no sofá,meu coração disparou,mas não podia fazer nada,o chefão passou por mim um negrão bem alto mandou o outro bandido se vestir mas antes ele fica falando baixinho com o chefe e os dois olhando Marisa, o chefão sai para andar pelo apartamento,pegou as fotos de Marisa voltou para sala e mandou éla mostrar todas para ele,fotos no Faustão,em desfiles de lingerie,fotos na praia e ele disse:Você é bem gostosa mesmo.Ele a levou para o quarto,ficaram conversando uns 10 minutos,o chuveiro é ligado,provavelmente Marisa pediu para tomar um banho,consigo ouvir o chefão falando:Muito bom dona Marisa suas maozinhas deixam qualquer um louco,levanta que agora é minha vez te dar banho minha puta,depois disso só consigo ouvir palmadas fortes,acho que fecharam a porta,passa uns 5 minutos ele aparece só de toalha,entrega a arma para um dos bandidos,liga para a portaria e verifica como esta o assalto,desliga o telefone e diz:Ja estão terminando o arrastão só mais uns 40 minutos,faltam 5 andares,enquanto isso dona Marisa vai me dar um trato to precisando dar uma aliviada,to sem mulher a um tempão fiquei planejando esse assalto não tive tempo para nada,vou chamar minha puta.E grita:Pode vir minha putinha.Aparece Marisa com uma minuscula tanguinha preta,éla nem olha para os lados para em frente ao negrão que está sentado no sofá e coméça puxar a toalha até tira-la,levanta da um beijo de lingua demorado,depois vai descendo pela barriga bem devagar beijando tudo até ficar de joelhos em frente daquele marginal,então pude ver que ele tinha uma rola não tão grossa mas muito maior do que a rola do grandão e preta,diria que facilmente 25 cm,Marisa continua os beijos até os pés daquele porco imundo,e sobe beijando de volta até a barriga,éla para respira profundamente e mergulha a cabeça naquela rola enorme coméça a pagar um boquete pela quarta vez na noite acho que éla estava exausta mesmo assim vai passando primeiro a lingua em toda rola para logo depois engolir até a metade indo e voltando,o negrão fica maluco de tesão,Marisa continua e eu olhando minha mulher de quatro com aquela tanguinha enfiada no rego,aquele volume do bucetão,éra uma visão incrivel sua cabeça abaixando e levantando,abaixando e levantando,num ritmo bem gostoso aquéla cinturinha,aquele bundão,uma péle lisinha,o negrão éra só elogios e ficava cheirando os cabelos de Marisa,que éra bem comprido,não passa 5 minutos e o negrão já coméça a gozar,Marisa com metade o pau na boca pois não tinha como engolir todo aquela rola e ele fala:Continua minha rainha não para que tem muita porra pra você engolir.Marisa continua o vai e vem agora com barulho acho que a boca já tava cheia de porra,e ele grita:Engole tudo logo e deixa de frescura com éssa boquinha sua piranha você prometeu engolir tudo,faz tempo que não gozo tanto assim AHHHHH,que delícia.Consigo ouvir mais alto ainda o barulho de Marisa chupando e engolindo a porra,ficou até o cheiro na sala de tanto que ele gozou,Marisa fica quase 1 minuto engolindo aquele monte de esperma,num bréve momento que Marisa tirava o pauzão da boca para respirar pude ver o tamanho daquele colosso,ele duro éra do queixo até a testa praticamente do comprimento da cabeça de minha mulher,e ele mandando éla continuar dizendo:Se parar seu marido léva porrada,mesmo cansada e com o pau todo melecado de porra Marisa engoliu o maxímo que pode e continuou,chupava deliciosamente aquéla rola gigante num vai e vem que todos na sala ficaram olhando com tesão,e com éla chupando bem daquele jeito em poucos minutos ele ficou em ponto de bala novamente,o chefão levantou a cabeça de Marisa e disse:Calma minha puta senão gozo,agora conforme combinamos quéro esse cuzinho,levanta vira o bundão pra mim querida.Marisa fica em pé e vira a bunda para ele,olhei o rosto de minha mulher,estava com os lábios e o queixo cheio de uma espuma branca em volta de tanta porra que tinha engolido parecia um bigódinho de leite,éla tava com uma carinha de tristesa que dava dó,o marginal sorriu com aquele bundão virado para ele,apalpou,beliscou,deu umas 5 palmadas fortes,e mandou éla abaixar pegar no bolso da calça dele um frasco pequeno e o chefão fala:Esse lubrificante anal comprei pra você,é seu dona Marisa,faz direitinho tudo que conversamos no quarto de agora em diante eu sou dono desse cú.Marisa abaixa segura no pau dele e coloca o lubrificante,fazendo uma béla massagem que para meu espanto éla segurava com as duas mãos e ainda sobrava muito pau,em seguida se levanta tira a calcinha se abaixa com as mãos no joelho com a bunda virada para ele,e aquele animal coméça a passar lubrificante no rego de Marisa da mais algumas palmadas e diz:Que bundão gostoso dona Marisa.Éla morde os labios quando percebo que ele enfiava o dedo sem dó,e comenta com os outros:Éla guardou esse cú pra mim,não deu nem pro marido,gostei de você dona Marisa.o pau dele não éra tão grosso como o do grandão mas éra mais grosso do que o meu,com o dobro do tamanho,não sei como minha mulher aguentaria,ele senta no sofá e manda Marisa de costas para ele abrir as pérnas e ir sentando naquilo que parecia um poste,ele segurou nos quadris déla e foi encaixando a cabeça do pau naquele cuzinho,o rosto de Marisa mudou,uma enorme expressão de dor,olhei para baixo a cabeça do pau tinha entrado,por causa do lubrificante as prégas éram estouradas uma a uma pois com o peso do corpo déla e o negrão puxando para baixo por mais fechadinho que fosse aquele cú éra impossivel resistir,Marisa não aguentou começou a gemer alto e o negrão falou:Lembra o que combinamos cada grito uma porrada no seu marido,grandão arrebenta com o cara.Marisa pediu com uma vóz abafada de tanta dor:Calma eu não grito mais e vou mexer bem gostoso do jeito que você pediu.O chefão mandou o grandão parar,e olhei novamente o pau dele já tinha entrado metade,e as lagrimas deciam do rosto da minha mulher,ficaram 1 minuto,ele puxando ajeitando puxava mais um pouco sinceramente achei que não entraria tudo,éla tentava inutilmente controlar a penetração,até que para minha tristesa o pau daquele bandido sumiu dentro do cuzinho,éla sentou no colo dele,ficaram um tempinho parados e o negrão disse:Você falou que não ia conseguir dona Marisa,mas entrou tudinho viu que cuzão você tem,como você foi boazinha não vou matar seu marido continue obedecendo tá minha putinha gostosa.Ele de sacanagem por ser muito maior do que eu mais ou menos 1:95 de altura enfiou as mãos por baixo das pérnas déla abraçou,deixando os joelhos déla quase no ombro,e levantou do sofa com Marisa e com o pau todo enfiado no cú ficou em pé e disse:Que cuzinho quentinho e gostoso.Os outro ficaram com água na boca,ele com éla naquela posição chamou o grandão:Vem aqui grandão come essa bucetinha.O grandão mais que depressa já com o pau durão foi e fizéram um sanduiche de Marisa,o grandão segurou na cintura déla e começou a colocar na buceta,que não entrou facil,foi entrando devagar mesmo naquela posição com a buceta toda arreganhada e melada com o lubrificante anal o pau dele éra tão grosso que foi encaixando devagar,Marisa no meio daqueles dois animal éra presa facil,então chefão soltou Marisa que mesmo sem éla querer foi obrigada a abraçar o pescoço e laçar as pérnas no grandão,caso contrário ficaria no alto presa só pelas duas rolas,ficaram ali uns 2 minutos elogiando o corpo,os cabelos,a péle,a boca,davam palmadas na bunda,alisavam as pérnas e ficaram ali se divertindo com minha mulher,que permanecia em silêncio mas rangendo os dentes e rosnando como se fosse uma onça,seus olhos fechavam e as vezes viravam para cima como se éla fosse desmaiar,eu fiquei admirado de como éla conseguiu aguentar duas rolas daquele porte ao mesmo tempo,nisso o grandão lentamente sem tirar o pau da buceta deitou no sofá e começaram a bombar num ritmo a princípio lento,para depois ir ficando cada vez mais rapido,parecia aqueles filmes pornográficos fazia uns barulhos estranhos quando aquélas rolas entravam na buceta e no cú de Marisa e ainda para piorar cada 3 bombadas uma o negrão socava até o fim no cuzinho fazendo aquele barulho da bunda déla batendo nas cochas dele,a sala cheirava sexo,aquele odor de suor e porra ao mesmo tempo 10 minutos daquele massacre o grandão não resistiu,gozou novamente mordendo forte o ombro déla que fez uma careta de dor,mas não soltou nenhum som ou gemido,ficou a marca dos dentes daquele tarado,que foi saindo por baixo déla na hora que o pau dele saiu da buceta fez aquele barulho parecendo um beijo e ele deitou no chão respirando,Marisa agora de quatro levando aquéla rola gigante no rabo levou uma tremenda palmada na bunda e a ordem:Agóra é com você minha putinha mexe gostoso.Marisa começou a rebolar naquele pauzão,ele com os pés no chão segurando na cintura déla,Marisa com a bunda subindo e descendo num movimento circular bem gostoso mas muito devagar,talves pela dor que sentia,então o maniaco péde mais:Vamos dona Marisa,só não quebrei a cara do seu marido porque você falou que ia mexer gostoso,eu tenho que gozar logo o pessoal já ta terminando.Marisa aumentou o ritmo mesmo com seu rosto revelando a dor que sentia,o pau éra tão grande que éla rebolando em circulo o pau saia uns 10 ou 15cm e entrava gostosamente no cuzinho,que pude perceber já sangrava um pouco,meu pau não tinha 20cm,imagino o estrago que estavam fazendo na minha mulher passou uns 5 minutos,Marisa não gritava mas rosnava de dor junto com a respiração,aquele pauzão saia até a metade e sumia dentro do cuzinho,ai o chefão falou:Já vou gozar menina.Marisa foi puxada pela cintura,entrou tudo ficando só as bolas de fora e ele gozou dando solavancos néla,e tremendo de tesão ficou um tempo respirando e soltou a cintura de minha mulher,que estava com o rosto cheio de lagrimas,Marisa foi saindo lentamente,e demorou levantando a bunda e tirando toda aquéla rola do cú,éra impressionante o tamanho,como entrou tudo aquilo em Marisa,no final aquéla mistura de porra e sangue no anus de Marisa,éla sentou de ladinho no sofá devia estar toda esfolada,mas em silêncio baixou a cabeça,eu vi lagrimas pingando do seu rosto,odiei aquele maniaco que olhou para Marisa e disse:Parabéns patroa que cuzão você tem,e faz uma chupeta sensacional,ia ganhar muito dinheiro na zona,mas escolheu casar com esse bicha que não comeu nem esse cú gostoso,então eu fiz o serviço deixei sua mulhersinha amaciada,agora dona você vai querer dar sempre esse rabo.Marisa quiétinha de cabeça baixa,ele se levantou chamou Marisa mandou éla dar um bom banho nele e foram ao banheiro Marisa andava com dificuldade,por 10 minutos ouvi risadas do chefão e frases elogiando o corpo de Marisa coisas como:Isso patroa,bem gostoso éssa bunda aguenta muito mais do que você pensava né piranha.Ele volta com o sorriso de orelha a orelha,olha para mim e diz:Que bucetão você tem em casa doutor,obrigado por dividir com a gente sócio,como éla foi muito legal ninguem vai comer mais éla só eu,em tres dias te devolvo vamos embora minha puta.Marisa aparece vestida com uma saia branca bem curta e uma mine blusa,o chefão que vestiu néla,ele abraça Marisa apalpando tudo e reclama:Você tá de calcinha,quem mandou colocar?Marisa responde de cabeça baixa:É que estou sangrando um pouco e coloquei um absorvente. - Tá de chico mulher. - Não estou machucada. - Pode deixar que quando chegarmos no barraco eu passo pomadinha pra sarar.Todos bandidos deram muita risada,quando abriram a porta para sair,dois policiais pulam para dentro e atiram em dois dos bandidos,entram varios policiais e dominaram os tres,o chefão solta Marisa e deita no chão,todo bando é preso,alguem do prédio chamou a polícia,felizmente Marisa não foi levada mas dias depois compareceu ao médico para varios exames,pegou gonorréia que está sendo tratada e teve que fazer uma pequena cirurgia no anus e mais um tratamento nos lábios vaginais que cortaram um pouco,passados 3 meses do ocorrido quase tudo voltou ao normal,mas Marisa passou a visitar um piscologo,e eu comprei um aparelho para aumentar o tamanho do meu penis,minha mulher me ama,mas confessou que depois do assalto quase não sente meu pau,as vezes sonha com o que aconteceria se éla fosse levada por aqueles marginais,acorda com tesão ou gozada,e depois chóra bastante,malditos bandidos.                                                

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto
foto avatar usuario casauser28596
Por: casauser28596
Codigo do conto: 5303
Votos: 0
Categoria: Fantasias
Publicado em: 12/08/2014

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login



Mais contos desse usuario

Fui obrigada a fazer filmes pornograficos.

Assalto no condominio.

Estrupada na lua de mel.


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2021 - club-columb.ru - Todos os direitos reservados


o velho comeu minha esposa no clube swing contosconto erotico grupalprimo bobo do interior veio passear na casa da tia -filme pornoflagrei meu sobrinho e minha filha cintos eróticosdividindo a namorada com cachorro taradoCona-me fodeeee/conto lésbico eróticocontos eroticos incestocontos eroticos tiasPai e filha fodem-se em casa.Muito excitante contoconto mae casada quer o pau do filhoConto erotico-flagrei minha esposa com meu tio, mete gostosocontos er vovócontos meu marido me incentivando foder com meu filhacareciou me fiquei mal dei cu em casa tia primacontos eroticos: noiva dotadodividindo a namorada com cachorro taradocontos sadomasoquistaconto fodendo a mae no lugar do paiContos gays eu minha prima e seu cachorroCont erot sentar no colocontos com travesticontos ela é uma insaciavelchupando cuzao da amiga delicioso conto lesbmeu marido ficol bebadoe os amigos e comeraogozando no cu da minha mae conto eroticoContos eroticos : comendo a pobre gostosacasados contos eróticoscuzinho da pequena contoContos eróticos: mãe, filha lésbicas e amigocontos eroticos lesbicasCasa dos contos mordaça algema corrente de mamiloConto erotico ninfeta estupradarelato corno garota de programa por umanoitecasa dos contos.com.brcontos eroticos pau durosenhor negro-contos de sexozoofilia contoconto erótico amiguinhosincestorealconto"contos" esposa vhupando chefefanfic conto erotico pai peitoscontos eróticos de traiçãocontos eroticos de crossdressercontos eroticos biconto encstei na mae el gostounovia cazada du bairo nu zoofiliapequena estuprada na escola conto eroticoConto erótico bolinada pelo coroa safadocontos de exibicionismoPróstata anal "tão duro"Conto erótico toda marcadasou casada e meu amigo me comeuContos eroticos feminizacaoConto de estupro de casadacontos eróticos lésbico minha veterana da faculdadecontos eroticos de menininha da crechecontos amigo apertadinhaesposas de camisola abusada pelo sogroContos eroticos portuguesescasa dos.contos eroticoscontos eroticos incesto mae e filhoconto.zoofiliacrossdresser.lingeries.churrasco.na.fazenda.ferias.contosmelhores contos eróticoscasa dos contos eróticoultimos contos de incestocontos esposa fraga marido dedo cucontos eroticos zoocontos de cdzinhascontos demorou mas comi o cu delazoofilia contos eroticoscomi o ku da minha mae conto eroticocontos eroticos com minha avocontoseroticospeguei meu sobrinho cheirando minha calcinhaContos dando no shoppingcontos eroticos cornoscontos eróticos gay me fez de putacrossdresser.lingeries.tudo.a.escondido.na.casa.de.titia.contosConto erotico-negao comeu minha mae e me fez viado, mete no cucontos eroticos casacontos eróticos gozou dentrodei para pagar a tatuagem contos eróticoscontos de incesto realContos eroticos atuais meu padrasto fudendo com minha mae pra mim verContos eroticos : comendo a pobre gostosaconto pais filhas irmão tio amigo clube Contos incesto avô corno nete e avócomi minha tia na do interior ganhei uma punheta da minha tiaMae deu gostoso contos eroticoscontos eróticos de incesto com fotoscontos incesto 2016Cavalo enche a cona da mulher de leitecontos eroticos chupando o cu do meu amogo