Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

Eu e a irmã do meu colega de faculdade!!!!

Por: Leonardo - Categoria: Outras

-Olá para todos!! Eu sou facinado por contos eróticos, leio sempre as histórias contadas aki. O que vou relatar, aconteceu no final do verão, aí pelo fim de março. Deixe eu me apresentar, tenho 25 anos de idade, moreno claro, olhos castanho médio, uso óculos, tenho 1,77 de altura, 68 kg, tenho muitos pêlos em todo o corpo, faço faculdade no Rio Grande do Sul. Estava eu em uma festa com meus colegas de faculdade em um bar muito badalado aki nessa cidade, estávamos em 4 homens e 5 mulheres. Todos os homens com namorada, e mais a irmã de um dos meus colegas, que vou chamar de Ana Paula. E que irmã ele tem........nossa, fico excitado de pensar naquele corpinho todo durinho....19 anos recém feitos, morena clara, 1,75 de altura, 58 kg, olhos verdes penetrantes, pele levemente bronzeada do verão com marquinha de biquini aparecendo no ombro devido a blusa que estava usando mostrando a barriguinha malhada de academia e do ballet, seios médios para pequenos, muito durinhos, daqueles q cabem direitinho na palma da mão, uma xaninha, que descobri mais tarde ser totalmente depilada, apertadinha e muito quente......um tesão de mulher. Vamos ao acontecido, estavamos todos benbedo e dançando muito, Ana Paula, já estava bem alta na bebida. estava tocando música variada. Aí por 4:30, começa a tocar forró, tudo o q eu queria, como minha namorada não gosta de dançar este tipo de música, e ela sabe que eu adoro, falei que iria convidar Ana Paula para dançar cmg, convidei-a e ela disse que adoraria, olhou para minha namorada, que fez sinal positivo com a cabeça. Fomos para a pista de dança e começamos a dançar eu e Ana, 2 dos meus colegas já dançavam com as namoradas, ficaram na mesa a minha namorada, um colega e a namorada dele bebendo e conversando. Durante a dança fui conversando com Ana, falando q ela já estava um pouco alta de bebida, que não devia beber tanto assim, pois poderia chegar um cara esperto e aproveitar-se do estado que ela estava.Ela falou-me q estava bebbendo pois tinha acabado a pouco um namorro de 3 anos com o seu único namorado até o momento, q queria esquecer, pois ainda gostava muito dele. Eu falei que o alcool não a faria esquecer, poderia até amenizar na hora, mas depois poderia aumentar o sofrimento, pois com o alcool a gente começa a pensar nos nossos erros, e blá..blá...blá.... Entre a conversa e a dança eu fui apertando ela contra meu corpo, até q ficamos com os corpos colados um no outro. Derrepente, ela olha fundo em meus olhos e pergunta, o que tu estás querendo fazer, me apertando contra teu corpo desse jeito. Dei-lhe a desculpa de que estava muito cheia a pista de dança, que se não fosse assim, ela poderia se bater com alguém e até machucar-se. Ela me olhou novamente nos olhos, e falou: "Aham, então o que é isso duro que estou sentindo próximo a minha bucetinha heim?". Eu fiquei corado e disse que era uma consequência de ter um corpo tão gostoso colado ao meu. Ela chegou-se ao meu ouvido, e perguntou-me se eu estava gostando de sentir os seus seios em meu peito, eu pertguntei se ela ainda tinha essa dúvida de algo, depois do que estava acontecendo comigo. Ela me disse que estava molhada só de pensar em meu pênis, no que estava passando em minha cabeça. Eu disse q estava com um tesão danado, que se estivéssemos só nós dois ela saberia na carne o que eu pensava. Ela perguntou onde eu iria depois de sair dali do bar. Respondi que iria para meu ap. foder minha namorada a noite toda, imaginando q fosse ela. Então ela perguntou: e se eu disser que meu irmão irá dormir na casa da namorada, pois os pais dela estão viajando, e só voltará para casa amanhã de tarde, e que tu poderias me visitar logo depois q formos embora, consigo que vc mude o seu roteiro? Com certeza!!!!!!!! eu respondi. Ela falou, então tá, fica combinado assim, ok? Calma, tenho que despistar minha namorada antes né..... Ela disse pediria para o irmão dela levá-la embora logo, falou tbém que me esperaria. Parou a música e nos dirigimos para a nossa mesa. Chegando lá, já estavam todos conversando e bebendo. Rolou papo por mais alguns instantes e Ana Paula pediu ao irmão dela para levá-la embora, pois o álcool tinha dado muito sono. Os três foram embora, Ana, o irmão e a namo dele. Ficamos mais meia hora e convidei minha namo para ir embora, pois estava cansado e tinha trabalhos da faculdade para fazer. Ela disse que era boa idéia, pois tbém estava com sono. Nos despedimos dos que ficaram, e saímos. Fomos até o estacionamento, entramos no carro dela, pois eu não tenho e fomos embora, no caminho ela perguntou o que iríamos fazer agora, eu disse q estava cansado, que como havia falado, tinha trabalhos da faculdade para terminar, ela disse então vamos cada um para nossas casa sozinhos? Eu falei q alguma coisa rápida até poderia acontecer, mas não devíamos demorar muito. Ela disse que não, que iria me deixar em casa, e iria dormir,. Chegando em frente ao meu ap., ela disse que de tarde iria para meu ap. e faríamos tudo que não havíamos feito na noite. Eu disse para ela só falar o que iria fazer, e não ficar dando corda e depois desistir. Ela disse que iria na minha casa lá pelas 15 hs. e foderíamos até anoitetcer...........Eu suspirei e disse que não veria a hora de acontecer isso, dei-lha um beijo muito quente e demorado e desci do carro dela, entrando no meu prédio. Vi ela sair de lá, e fui para a casa do meu colega, chegando perto ligo para o cel. da Ana e digo que estoou chegando, ela fala que eu estava demorando muito, que deveria ir mais depressa. Apressei o meu passo, cheguei na frente do prédio e toquei o interfone, ela abriu a porta e eu entrei. Ao chegar no ap. dela, vejo a porta semi-aberta, vou entrando, fecho a porta a chave e coloco o pega-ladrão para o irmão dela não entrar e nos pegar desprevinidos. Vou entrando em direção ao quarto dela e ouço o barulho do chuveiro, ela diz para eu entrar e tomar um banho tbém. Tiro minhas roupas e me dirijo ao banheiro sem roupa alguma. Ao abrir a porta, fico estagnado, a admirar o corpo feminino mais lindo, que meus olhos já viram até hoje. Ele assustuda, me pergunta por que estou parado na porta com "a barraca armada" e não entro no chuveiro para fazer-lhe companhia, pois ela estava com frio e precisaqva aquecer-se..............eu não acrediei no que estava acontecendo, eu ali, nu na casa dela, tomando banho com aquele momumento de mulher, e logo depois da ducha, iríamos fazer sexo a noite inteira............. de repente, eu caio na real e entro no banheiro, fecho a porta e me dirijo até o box, onde ela está......ela abre a porta e estende os seus braços em minha direção, entro no chuveiro e ela me dá um beijo muito quente e um abraço deveras apertado, no qual eu pude sentir o quão firmes são seus seios, pareciam duas pedrinhas contra o meu peito...........eu fui a loucura com isso, qdo ela levou a mão e segurou o meu pau que já estava duro, e com o que estava acontecendo agora, parecia um rocha.......ela abaixa-se coloca aquela boquinha linda, aqueles lábios carnudos em volta do meu pau, abocanha até onde consegue, faz a melhor chupeta que já recebi na minha vida, ela olha para meus olhos e diz que é para eu gozar na boquinha dela, pois queria o gostinho de porra, já que seu ex-namorado nunca quis saber de sexo oral, e que ela ouviu falar que é o melhor creme para pele q pode existir.......aí eu não seguro mais e gozo na boquinha dela..........ela não desperdiçou uma gotinha.....colocou td na boca tudo e depois passou a mão na boca e espalhou a minha porra em seu rosto, com aquilo meu pau não quis nem dar sinal de descanso, seguiu firme como antes estava, ao ver isso ela levanta e me beija novamente dizendo que é para eu sentr o meu gostinho......encosto ela na parede, coloco uma de suas pernas em meu ombro, e vou com minha boca em direção a sua xaninha totalmente depilada, coloco a minha língua fundo na sua rachinha.....ela delira com isso e começa a gozar com o que faço, passo a çlíngua no grlhinho dela, nos pqs. e grds. lábios até fazê-la gozar uma.....duas vezes em minha boca até que ela me pede para eu parar com a "tortura", e penetrá-la logo, coloco sua perna no chão, viro ela de costas para mim, levantando um pouco a sua bundinha para facilitara penetração e vou ao encontro do seu corpo, com meu pau na mão acariciando a glande.......ela de costas me olhando com um olhar muito safadinho........ai ai.......coloco meu pau na entrada da sua xaninha e fico passando ele para cima e para baixo até ela dizer que não está mais aguentando, para eu meter logo......isso era o que eu esperava para penetrá-la.......coloco uma impulsão no meu corpo e entro na xaninha, totalmente ensopada com uma estocada só.......ela dá um gritinho e começa a gemer muito alto.......até fiquei preocupado devido aos vizinhos, mas ela diz que não tem problema.......sigo metendo e tirando frenéticamente.......às vezes com estocadas lentas....outras vezes rápidas......fazendo ela gozar mais duas vez, e nada do meu gozo, ficamos ali metendo uns 10 minutos nessa posição e ela me coloca encostado na parede do box, e como ela tinha fazia ballet e possuía uma elasticidade tremenda, levanta sua perna até meu ombro e eu me abaixo um pouco e coloco dentro da rachinha dela sem dificuldade alguma, devido a sua lubrificação extrema em que ela se encontra, ficamos metendo mais uns 5 minutos, até que sinto que vou gozar e digo a ela, que me diz para gozar dentro, pois ela toma pílula......eu explodo em gozo dentro daquela maravilha de mulher......digo a ela que nunca tinha gozado tanto assim, o que ela estava fazendo cmg., nenhuma namorada, tinha feito até aquele dia, ela me diz que nunca o seu namorado tinha feito oral com ela e nem deixado ela fazer nele, pois ele achava mto. nojento........eu perguntei então se eu tinha tirado o cabacinho da boca dela e tive a resposta afirmativa, ela me olhou nos olhos com aquele olhar safado que só ela tem, e diz que não será o único cabacinho que tirarei dela, que ele nunca quis fazer anal tbém, eu deliro com essa história, e a abraço por trás, beijando sua nuca com o pau em ponto de bala novamente, ela diz para me acalmar, que será na cama dela.........daí tomamos um banho delicioso, um lavando o corpo do outro e nos dirigimos ambos nus, em direção ao seu quarto. Mas isso é história para outro conto........ Em breve coloco a continuação desse conto, onde relatarei o que fizemos em seu quarto, até breve.

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto
foto avatar usuario Leonardo
Por: Leonardo
Codigo do conto: 811
Votos: 0
Categoria: Outras
Publicado em: 12/08/2014

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login




Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2021 - club-columb.ru - Todos os direitos reservados


contos da tifanycunhada safada contosconto Incesto meninaME MIJEI DE DOR NO NÓ DO MEU CACHORRO - Casa dos Contos videocontos eroticos com coroasCona-me fodeeee/conto lésbico eróticoesposa me flagrou contoscontos e fetichescontos eróticos fudendo a menina de ruacontos eroticos entre mae e filhaconto erotico esposa diz agor tem machocontos erótico de dediliando a conasenhor negro-contos de sexocssa dos contoswww.contos eroticos consolando a filha rabuda casadacasadoscontiscontos erotico o novinho timidoContos de garotas pegando carona acabando em fodacontos eroticos gratiscasa doscontos eroticosConto erotico ninfeta estupradaconto erotico prostitutacontos eroticos gay o viadinho tinha peitinhodeixo minha esposa dormir na casa dos comedores contocontos erótico tirando fotos de biquíni microfone conto eroticoContos eroticos casada foi estrupada nu trabalho por varios machos e ate pela gerente da empresame vestindo de mulher contoContos eroticos eu a foder a amiga da minha esposa e minha esposa a lamber a buçeta da amiga ate beber todo o melcontos eroticos com deficientescontos eroticos com deficientescontos de incestofui sentada no colo do meu irmao conto eroticoferias.mae.sitio.tia.contosconto incesto irmã pegou no paucontos eroticos mae tira cabaco do filho com ajuda do maridomae e filha contosContos eroticos com fotos comi minha cadelaconto de mulher casada seduzida por outra mulhercasa dos contozoofiliaboycasadocontoscontos eroticos interracialcasadoscontosnoras trai marido com o sogros viuvo e bem dotados e goza dentro da bucetasHEPNOSE CONTOS ERÓTICOwww.contos eroticos a comendo a irma rabuda 2contos sadoEu fode a buceta da minha tia ate chora de dor contoscontos eroticos com minha maeultimos contos eroticos gayscontos eróticos adoro da o cuzinho pro meu sobrinhoo macho da minha mae manda na casa contos eroticoscontos eroticos gay forçando um heterocasados contosviagem inesquecivel conto eroticoúltimoscontoseróticoscontos namorando com meu filho fodia beijava me engravidoucontos de traiçaoconto zoofiliacasadoscomtosconto erótico de incestocontos eroricos casacontos eroticos cornocasa dos contos eroticos gayeu querendo tranza tinha depilado buceta fui pra cozinha com roupa de dormi meu primo lacontos eroticos na infacia bundinha no chuveiroContos algemado e dominadocontos sapequinha no meu colocasa dos contos cornotrans ativas contosFodi No Carro. Contosconto erotico zoocasa dos contos etoticosConto erótico eu mocinha e seu túliocasa dos contos erex marido comendo minha esposacontos erótico sobre Marlene de Minas Geraisconto erótico fotoscontos meus primos mamem nos mamilosconto erotico minha mae me trasformo em meninacontos eroticos dpmamae falou que eu tinha que dar meu cuzinho contocontos eroticos categoriacontos eroticos maduras novinhoPai e filha fodem-se em casa.Muito excitante contoConto erótico eu ingênua mamando o coroa escondida dos meus paísContos eroticos professora foi para casa de onibus e acabou sendo enrrabada por varios alunos nu onibus/conto/13499/de-comedor-a-puta-de-traficante.htmlconto amigo passa noite em casacontos eroticos assalto monstro estuprocontos eróticos últimosconto erotico realizando o desejo da amiga de dar o cuconto erotico esfregando a bundacontos eroticos zoofiliacontos de zoofilia com fotoscontos esposa e seu deslizeCONTO REAL,MEU IRMAO ME ENGRAVIDOU.casa do contos eróticos